Os números da Época 2007


A nossa longa temporada de 2007 começou no dia 10 de Março de 2007 e terminou no dia 3 de Novembro de 2007.

Iniciamos e terminamos a temporada das Bodas de Diamante com dois Festivais Taurinos na Centenária Praça de Toiros “Palha Blanco”, tendo o principal Grupo actuado em 35 espectáculos e os Juvenis em mais 5, totalizando oficialmente 40 actuações.

A temporada foi composta por:

26 Corridas à Portuguesa (sendo 9 em praças desmontáveis);

7 Corridas Mistas (sendo 1 em praça desmontável – Torres Vedras);

2 Festivais Taurinos Mistos;

2 Novilhadas (CNEMA em Santarém e Vila Franca de Xira);

1 Garraiada (Sardinha Assada – Colete Encarnado);

2 Espectáculos de Variedades Taurinas (Carnaval e Garraiada dos Forcados).

Distribuídas mensalmente da seguinte forma:

Fevereiro – 1 Espectáculo de Variedades Taurinas (Carnaval);

Março – 1 Festival Taurino Misto e 1 Corrida à Portuguesa;

Abril – 1 Corrida Mista;

Maio – 3 Corridas à Portuguesa (1 em praça desmontável);

Junho – 2 Novilhadas, 1 Corrida Mista e 1 Corrida à Portuguesa (1 novilhada e ambas as corridas em praça desmontável);

Julho – 1 Garraiada, 1 Corrida Mista e 4 Corridas à Portuguesa (1 em praça desmontável);

Agosto – 3 Corridas Mistas e 7 Corridas à Portuguesa (sendo 3 em praça desmontável);

Setembro – 6 Corridas à Portuguesa (sendo 3 em praça desmontável);

Outubro – 1 Corrida Mista, 3 Corridas à Portuguesa e 1 de Espectáculo de Variedades Taurinas;

Novembro – 1 Corrida à Portuguesa e 1 Festival Taurino Misto.

Foram pegados 113 toiros nas 35 actuações do Grupo e mais 11 novilhos e 5 vacas nas 5 actuações dos Juvenis.

Para enfrentar os 113 toiros foram utilizados 82 forcados (incluindo 51 antigos forcados) num total de 880 escolhas que foram necessárias efectuar para formar o Grupo que concretizou a pega.

Infelizmente foi necessário recorrer à substituição dos forcados da cara por 4 vezes e de um 1º ajuda.

Dos 113 toiros, 4 foram pegados de cernelha pela dupla Olavo Cabaço (cernelheiro) e Carlos “Sobral” (rabejador) e os restantes 109 toiros foram pegados de cara por 24 forcados (incluindo 7 antigos forcados).

Em termos de eficácia, a nossa temporada ficou resumida da seguinte forma:

77 Toiros pegados à 1ª tentativa;

19 Toiros pegados à 2ª tentativa;

10 Toiros pegados à 3ª tentativa;

  4 Toiros pegados à 4ª tentativa;

  3 Toiros pegados à 5ª tentativa.

Foram feitas 176 tentativas o que perfaz uma média de 1,56 tentativas por toiro.

Actuamos por três vezes na Praça de Toiros do Campo Pequeno, onde pegamos 7 toiros, todos à 1ª tentativa.

Desde o trágico ano de 2002, esta foi a época que realizamos mais corridas, que pegamos mais toiros e, também aquele onde conseguimos obter a melhor média.

Em 2002 – 14 actuações – 57 toiros – 113 tentativas – média de 1,98 – 1 cernelha

Em 2003 – 27 actuações – 101 toiros – 180 tentativas – média de 1,78 – 1 cernelha

Em 2004 – 26 actuações – 83 toiros – 150 tentativas – média de 1,81 – 2 cernelhas

Em 2005 – 25 actuações – 84 toiros – 147 tentativas – média de 1,75 – 5 cernelhas

Em 2006 – 22 actuações – 71 toiros – 112 tentativas – média de 1,58 – 4 cernelhas

Foi um boa temporada de 2007 com bastante actividade, ajudada por ser um ano especial, mas também fruto boa qualidade dos forcados que compõem actualmente o Grupo de Forcados Amadores de Vila Franca de Xira.

Terminou a época taurina, mas o programa de comemorações mantêm-se até ao final do ano, e será encerrado com uma grande gala onde pretendemos ter toda a família do nosso Grupo reunida juntamente com muitas outras pessoas que são nossas amigas e com quem gostamos de conviver, principalmente nesse dia especial.

Vasco Dotti

Partilhar:

Facebook
Twitter
LinkedIn